Ter uma convivência harmoniosa com os vizinhos é um aspecto fundamental da vida em comunidade. No entanto, essa harmonia pode ser perturbada quando nos deparamos com um problema comum e delicado: o barulho excessivo

Seja uma música alta no meio da noite, o constante latido de um cachorro, ou sons de obras e reformas, o ruído indesejado pode se tornar uma fonte significativa de estresse e conflito.

Diante desse cenário, surge uma questão importante: Como podemos provar que um vizinho está, de fato, fazendo barulho excessivo? 

Neste texto vamos falar de métodos práticos e legais para documentar e abordar esta questão sensível. Fique com a gente até o final para não perder nada!

O que diz a lei sobre o barulho dos vizinhos e como fazer denúncias em São Paulo

De acordo com o Art.42 do Decreto Lei nº 3.688 de 03 de Outubro de 1941, perturbar alguém o trabalho ou o sossego alheios com: 

  • gritaria ou algazarra;
  • exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;
  • abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;
  • provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal de que tem a guarda.

É passível de pena de prisão simples de quinze dias a três meses ou pagamento de multa.

Mulher fazendo símbolo de silêncio.

Em relação a obras, em São Paulo há o Decreto n.º 60.581, de setembro de 2021, regulamenta o controle de ruídos na execução das obras de construção civil.

O Art. 2º do Decreto diz que é considerado aceitável a poluição sonora feita por obras no horário compreendido entre 7h a 19h.

Já as atividades de carga e descarga da construção civil devem ser feitos no período compreendido entre 21h e 00h, de segunda a sexta-feira, exceto final de semana. (Item III, do Art. 3º).

O Programa Silencio Urbano (PSIU) da Prefeitura de São Paulo foi criado com o objetivo de tornas a convivência mais pacífica entre os cidadães.

O PSIU fiscaliza estabelecimentos comerciais, indústrias, instituições de ensino, templos religiosos e demais usos não residenciais, além de obras. Este Programa, no entanto, não fiscaliza o ruído feito por residências. As denúncias ao PSIU pode ser feita pelo Portal SP156 ou nas Praças de Atendimento das Subprefeituras.

É possível também fazer denúncias anonimas virtualmente para a Polícia Militar. Em caso de barulho perturbador, também é possível ligar para o 190 e fazer a denúncia.

Como reunir provas para embasar denúncias de barulho excessivo

Para reunir provas de barulho excessivo do vizinho antes de fazer uma denúncia, é importante seguir um processo estruturado e respeitar as leis locais sobre privacidade e gravação. Confira pontos importantes para validar sua denúncia:

1. Reúna uma documentação detalhada 

Mantenha um diário detalhado dos incidentes de barulho. Anote datas, horários, duração e a natureza do ruído (por exemplo, música alta, gritos, barulho de ferramentas).

Escrever em diário registro de barulho.

Este registro pode ajudar a estabelecer um padrão de perturbação e mostrar que o problema não é um evento isolado. Inclua também como o barulho afeta sua vida diária, como interrupção do sono ou dificuldade de concentração.

Se possível, também registre qualquer comunicação que você tenha com o vizinho sobre o barulho. Isso pode ser feito por meio de notas sobre conversas ou cópias de correspondências escritas, como e-mails ou mensagens. Isso serve para mostrar que você tentou resolver a questão amigavelmente antes de prosseguir para uma denúncia formal.

2. Colete de evidências auditivas

Faça gravações de áudio do barulho, se legal em sua jurisdição. As gravações devem ser feitas de dentro de sua propriedade para evitar questões de invasão de privacidade. É importante que as gravações sejam datadas e horadas para mostrar a frequência e a duração do barulho.

Considere ainda usar um medidor de decibéis ou um aplicativo de smartphone para medir o nível de ruído. Isso pode fornecer uma prova objetiva da intensidade do barulho. As leituras devem ser acompanhadas por registros do dia e hora em que foram feitas, e se possível, comparadas com os limites de ruído estabelecidos pela legislação local.

Leia também: Como medir o barulho do vizinho?

3. Testemunhos e apoio de terceiros

Se outros vizinhos também são afetados pelo barulho, peça-lhes para fornecer declarações escritas ou testemunhos. Ter múltiplas pessoas documentando o mesmo problema pode reforçar a legitimidade da sua queixa.

Testemunhas de barulho.

Em casos mais graves, pode ser útil consultar um advogado para aconselhamento legal. Eles podem orientar sobre a melhor forma de proceder com a denúncia e ajudar na coleta de provas conforme as leis locais.

Vale a pena conversar com um vizinho sobre barulho excessivo?

Se você não quer chegar no extremo de denunciar, conversar com um vizinho sobre barulho excessivo pode ser delicado, mas é muitas vezes necessário para manter um ambiente de convivência harmonioso.

Antes de abordar seu vizinho, é importante se preparar. Escolha um momento adequado, preferencialmente quando você estiver calmo e o vizinho não estiver no meio da atividade barulhenta. Pense no que você vai dizer, mantendo um tom respeitoso e não confrontacional. Fale de forma delicada de como o barulho está afetando sua rotina.

Comece a conversa com uma saudação amigável e uma abordagem direta, mas gentil. Evite acusações ou tom de confronto. Por exemplo, você pode dizer: “Olá, tudo bem? Gostaria de conversar sobre algo que tem me preocupado“. Isso estabelece um tom positivo para a interação.

Conversa entre vizinhos.

Explique claramente o problema, focando em como o barulho afeta você. Por exemplo: “Tenho notado que o volume da música tem sido bastante alto nos últimos dias. Isso tem dificultado meu descanso/trabalho em casa“. Falar sobre sua experiência pessoal, em vez de acusar, ajuda a evitar que o vizinho fique na defensiva.

Tenha empatia e dê ao seu vizinho a oportunidade de falar. Ele pode ter razões para o barulho que você desconhece, ou pode não ter percebido que está incomodando. Escutar atentamente demonstra respeito e abertura para um diálogo construtivo.

Sugira soluções ou compromissos que possam atender a ambos. Por exemplo, você pode propor horários específicos para atividades barulhentas ou sugerir maneiras de reduzir o ruído. Seja flexível e aberto a sugestões do seu vizinho também.

Agradeça ao seu vizinho por ouvir e expressar sua esperança de que ambos possam continuar vivendo em um ambiente agradável e respeitoso. Mesmo que a conversa não resolva imediatamente o problema, estabelecer um canal de comunicação aberto é um passo importante.

Isolamento acústico para proteger contra barulho dos vizinhos

O isolamento acústico é uma solução eficaz para minimizar a intrusão de barulho proveniente de vizinhos. Entre as soluções mais recomendadas, temos as janelas acústicas, também chamadas de anti-ruídos, que possuem eficácia a partir da forma como são construídas e instaladas, sendo projetadas especificamente para bloquear diferentes tipos de ruídos externos. 

janela acústica (9)

Elas geralmente utilizam vidros duplos ou triplos. Essas camadas de vidro, separadas por espaços de ar ou gases inertes (como argônio), atuam como uma barreira robusta contra o som. O espaço entre os vidros é crucial para interromper as ondas sonoras, reduzindo significativamente a transmissão de ruído.

Além do vidro múltiplo, elas são equipadas com sistemas de vedação de alta qualidade. Borrachas especiais e outros materiais isolantes são usados para selar todos os pontos de entrada potenciais para o som, assegurando que as janelas sejam hermeticamente fechadas.

Janelas Antirruído Dr. Silêncio

Você sofre constantemente com o barulho da cidade e dos vizinhos? Então, uma Janela Antirruídos pode ser a solução ideal – e você pode contar com a Dr. Silêncio para te ajudar.

Nós garantimos unir preço justo, qualidade e entrega expressa de modo a levar o conforto até você com maior eficiência. Além disso, as Janelas Antirruído Dr. Silêncio podem ser adquiridas em medidas padrão ou personalizada, permitindo com que você escolha qual mais se adapta aos seus interesses.

soluções acústicas

Nossos produtos

As janelas de sobreposição Dr. Silêncio são instaladas pelo lado interno do ambiente e funcionam em conjunto com as janelas existentes externas para criar uma câmara de ar que, juntamente com a vedação perfeita da janela antirruído, isolam os altos ruídos da cidade.

Janela Acústica Antirruído sem instalação

A partir de
R$3.176,00

Nossas Janelas antiruídos ajudam a criar um ambiente tranquilo e silencioso, o que é essencial para a concentração e a eficiência, além de controlar a temperatura e melhorar a saúde e bem-estar.

Janela Acústica Antirruído Medida Personalizada

Consultar preços
Consultar

Se procura uma janela antiruídos mas não encontrou as medidas em nosso site não se preocupe. Somos fabricantes e com um pequeno prazo conseguimos confeccionar seu produto com quaisquer medidas.

Posts Similares